Pânico: Eu tenho medo de dirigir!

Certamente você já ouviu falar em autoescola para habilitados para superar o medo de dirigir. Talvez você não saiba, mas o #medodedirigir ou enfrentar trânsito, tem gatilhos emocionais de traumas associados: traumas de infância, estresse, medo do fracasso... as causas são diversas, mas o problema é um só: a #fobia de dirigir.



Segundo estimativa da Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), o mal atinge cerca de dois milhões de brasileiros; as mulheres correspondem a 80% desse total.

Medo de dirigir atinge dois milhões de brasileiros, estima associação Desse total, 80% seriam mulheres, segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego.

Flávia*, Head-Hunter, sentiu-se assustada quando tentou sair sozinha de carro e teve sua primeira crise de pânico. Imaginou que passaria com o tempo: mas não foi o que aconteceu. De repente, Flávia*, dependia do marido e de amigos para levá-la ao trabalho; e o medo de ter pânico, e possivelmente estar sozinha, fez com que começasse a ter medo, também, de sair sozinha.


Fui diagnosticada com Síndrome do Pânico em 2015, após episódios que iniciavam com um medo intenso de algo irreal, normalmente, quando eu ficava muitas horas sem comer. Os sintomas sentidos eram taquicardia, sensação de desmaio, mãos e pés tremendo, força no estômago, hiperventilação/falta de ar e tontura, visão turva.

Certo dia, no trabalho, após já ter almoçado, ela se percebeu comendo novamente. Notou que conforme a #ansiedade aparecia, ela comia. ⠀


Estou 4kg acima do meu peso, mas não consigo emagrecer, pois atrelo comida à minha segurança, por eu ter tido sempre episódios de pânico quando estou muito tempo sem comer. Apesar disso, tenho uma relação conturbada com a comida, pois quando tenho que realizar refeições fora da minha casa, eu "travo".

Possuo autoestima baixa, minha autoconfiança também é baixa. Sofro de abusos emocionais familiares, por me colocar em uma posição de vítima.


Foi nesse momento que ela entendeu q precisava de ajuda profissional e após fazer algumas pesquisas, já tinha tentado terapia holística e cognitivo comportamental. Houve um período que foi possível espaçar essas crises, pois estava mais autoconfiante... até voltar a ter crises constantes novamente.


Foi quando considerou a #hipnoterapia como opção. Não queria tomar remédios e esta parecia ser a melhor decisão. 66,8% das vezes em que o medo de dirigir aparece em terapia, o que realmente está acontecendo é o início de um transtorno de ansiedade, segundo estatísticas de associações privadas de terapeutas. ⠀


Esse número fica ainda mais alarmante quando consideramos que boa parte das pessoas não se preocupam em resolver esse medo, substituindo o carro por outros meios de transporte (pendido favores ou aplicativos de locomoção), mascarando o sintoma. ⠀


A consequência disso é que as crises de ansiedade vão surgindo em outros âmbitos da vida, refletindo no sono, na alimentação e nas relações interpessoais, podendo evoluir facilmente para ataques transtornos de ansiedade generalizada e burnout. ⠀


Mas não precisa ser assim...


A hipnoterapia tem ajudado, desde a década de 70, milhares de pessoas a resolverem traumas emocionais e psicossomáticas, pela raiz, trazendo bem-estar, equilíbrio e controle sobre os pensamentos. É uma ferramenta regulamentada pelo CFP e pelo CFM, além de diversos outros conselhos federais da área da saúde.


Quando bem direcionada, a hipnoterapia torna-se uma ferramenta poderosa no auxílio para traumas emocionais, agindo na origem do problema, trazendo bem-estar, equilíbrio e controle sobre os pensamentos. ⠀














@EliteInstituteOficial #HipnoterapiaSP #HipnoseParaMudarComportamentos #TransformAÇÃO #TransformandoVidas #HipnoseTerapeutica #MedoDeDirigir #SindromedoPânico


*autorizado o nome verdadeiro da cliente.






2 visualizações0 comentário

ELITE INSTITUTE

METODOLOGIA ELITE DE HIPNOSE TERAPÊUTICA

CONTATO

ENDEREÇO

RUA PAES LEME, N. 136

PINHEIROS . SÃO PAULO . SP

© 2020 por Elite Institute. Todos os direitos reservados